Categoria: Cultura

3 posts have been filed under this categoria.

Escolas temem que alunos do EJA abandonem as aulas após a pandemia

A pandemia de coronavírus evidenciou e intensificou muitos problemas sociais já existentes, como é o acaso da educação precária para alguns setores.

O EJA é um desses setores que, devido a recorrente situação de vulnerabilidade e pouca assistência pode estar perdendo muitos alunos inscritos. Veja tudo a seguir:

O Ensino para Jovens e Adultos é um programa voltado para aquele público que teve o processo de aprendizagem do ensino básico interrompido e precisou parar de estudar por qualquer razão.

O EJA funciona de forma semelhante com ensino básico, possuindo aulas presenciais noturnas, atividades e avaliações por semestre, mas tudo em um tempo reduzido e considerando situações nas quais o aluno ainda ão foi alfabetizado.

O programa já enfrenta diversos problemas como o baixo investimento por parte do Governo, a infraestrutura precária, o material mal distribuído, entre outros. A crise do coronavírus trouxe uma nova situação para EJA 2022 que é a impossibilidade de execução das aulas devido ao isolamento social.

Por isso, já é esperado um número menor de estudantes participando das matrículas escolares 2022principalmente na modalidade de ensino do EJA.

E se o cenário vindouro é preocupante, podemos classificar o cenário atual como caótico. De acordo om pesquisas não oficias, muitos estudantes estão pedindo para não ser aprovados para o próximo semestre, por não considerarem o aprendizado adquirido como suficiente.

Isto porque, a equipe pedagógica e os professores têm feito grandes esforços para que parte desses conteúdos seja passado online através de aplicativos e redes sociais. O que nos leva a uma outra situação, que é a heterogeneidade de oportunidades para estes estudantes, pois muitos não tem sequer acesso a internet wi-fi.

O percentual de alunos que preferem que os estudos sejam suspensos ou que esperam não ser aprovados para o próximo semestre é pequeno se comparado a quantidade de estudantes que não pretende continua no programa, por motivos variados.

Os professores tentam reverter esse cenário estimulando o ensino a distância, enviando vídeos, promovendo atividades via Whatsapp e mesmo com todos esses esforços, a previsão do EJA ainda tem preocupado especialistas da educação.

Muitos estudantes relatam que estavam aprendendo dentro do programa, assim como estavam tendo acesso a um conhecimento guiado, o que fica mais complicado quando pensamos em um modelo de ensino virtual.

A expectativa é que esse público possa voltar a procurar o programa e que ainda que esteja suscetível a diversos problemas sociais, possa manter o foco nos estudos.

Matrícula Escolar MT: sigeduca.seduc.mt.gov.br

Muitos alunos e pais de alunos não sabem, mas se você mora na região de mato Grosso, poderá reservar online a vaga na rede estadual de ensino através do Matrícula Escolar MT. Ficou curioso e quer saber mais? Continue conosco e saiba tudo sobre o Matrícula Escolar MT.

O surgimento e a democratização da internet já são uma realidade no nosso país. Praticamente em todas as casas, existem dispositivos conectados à internet.

Já pensou como seria ótimo poder reservar uma vaga na escola utilizando a internet? Isso é uma realidade! Com o Matrícula Escolar MT, o aluno ou o seu responsável reserva a vaga na escola e aumenta as chances de uma efetivação.

Se você quer aprender a utilizar essa ferramenta, não deixe de acompanhar todas as informações do post de hoje.

Matrícula Escolar MT: Quem Pode Reservar Vaga na Escola?

Não existem informações oficiais para o ano de, temos apenas alguns dados do ano anterior. É importante ressaltar que nem todas as pessoas podem utilizar esse sistema e reservar uma vaga.

Utilizar o sistema do Matrícula Fácil 2022 não garante a sua matrícula, ele garante apenas a sua reserva de vaga. Para efetuar a sua matrícula, você deverá comparecer até a unidade de ensino munido com todos os documentos que forem solicitados.

Abaixo você confere, algumas informações de 2016 referentes aos grupos que poderão utilizar esse recurso. Acompanhe:

  • Crianças e jovens que já estejam estudando na rede pública de ensino e queiram ingressar ou no Ensino Fundamental ou no Ensino Médio;
  • Crianças e jovens que estudem em outra rede de ensino e queiram ingressar na rede estadual;
  • Alunos que queiram ingressar na modalidade EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Lembre-se: esses requisitos foram adotados para o ano de 2016. Em, alguma alteração poderá ser feita, portanto, acompanhe todas as informações logo no começo do ano.

Matrícula Escolar MT: Como Funciona essa Reserva de Vaga?

O aluno precisa ficar sempre atento aos prazos estabelecidos pelo Matrícula Escolar MT, pois se perdê-los, não conseguirá reservar sua matrícula. Existem 2 fases de inscrição. Veja quais são elas logo abaixo:

1ª fase

A primeira fase ocorre sempre no ano anterior ao qual você deseja estudar, geralmente em meados de novembro e dezembro. Se você quer reservar vaga para, é preciso ficar atento aos meses de novembro e dezembro de 2016.

Essa é a melhor fase, pois você garante as melhores chances de vagas.

2ª fase

Essa fase é destinada a todos os alunos que perderam a 1ª fase, pois são oferecidas as vagas remanescentes. Lembre-se: se você perder as 2 fases, as suas chances de estudar ficarão reduzidas.

Matrícula Escolar MT: Como Fazer a Sua Inscrição?

Fazer a inscrição é um processo muito simples! Ainda não é possível inscrever-se para estudar em, mas logo você poderá fazer a inscrição e deverá seguir os seguintes passos:

  1. Acesse o site oficial.
  2. Preencha as informações de login e senha.
  3. Informe os caracteres da imagem que aparecer.
  4. Confirme todas as informações que surgirem.
  5. Verifique se recebeu algum e-mail e confira todas as informações contidas nele.

O desvalorização do artista no Brasil

Ser um artista no  Brasil é optar por uma carreira árdua e cheia de dificuldades, sendo uma delas a desvalorização do artista no país. E para entender melhor essa afirmação, vale a pena conferir as informações a seguir:

Falar sobre as problemáticas que o artista brasileiro sofre é falar também de alguns aspectos bem específicos, e vamos começar falando sobre a elitização da cultura e da arte no Brasil. Esse, na verdade, é um fato histórico, pois por muito temo esse aspecto da existência humana foi dedicado ao público da elite brasileira.

Ou seja, arte elitista produzida para um público elitista, o que até hoje evidencia o preconceito que atinge o artista contemporânea. Além da própria desvalorização que este profissional da arte enfrenta, existe uma linha de frente ainda mais sofrida que é composta pelos artistas contemporâneas.

Estes encontram um salário ainda menor, pouco reconhecimento, oportunidades reduzidas e um campo de trabalho seletivo, no qual poucos nomes chegam a se destacar.

Esses artistas marginalizados, que não segue o padrão elitista das cultura brasileira, não são vistos a menos que tenham a sorte de ser descobertos e valorizados por algum nome importante relacionado ao padrão cultural esperado.

O outro viés, pelo qual podemos observar a afirmação de que o artista no brasil é pouco valorizado, é também um fato histórico. Estamos falando sobre o eurocentrismo, que apesar de estar constantemente sendo colocado como negativo, ainda dita muito sobre o nosso comportamento.

O eurocentrismo coloca a cultura européia como superior, seja no campo da música, da produção artística ou das produções cinematográficas, por exemplo. O brasileiro, desde sempre, vive através dessa visão eurocêntrica, valorizando o estrangeirismo e muitas vezes, chegando a não consumir a sua própria cultura.

É necessário ainda, trazer para esse contexto um questão socioeconômica, afinal, os países que mais possuem uma relação de valor com a cultura são países que possuem uma qualidade de vida muito diferente da qualidade de média média para os brasileiros.

No país, o acesso a cultura é muito caro e não condiz com a maioria populacional que é de renda média ou baixa. Considerando essas informações, não é difícil imaginar o que seria preferível para algumas famílias: pagar as contas ou ir à uma peça de teatro.

Seja por qual for a razão que o artista brasileiro vá encontrar pouco reconhecimento, é preciso evidenciar a necessidade de mudanças para este campo, afinal, a profissão do artista é secular e promove a perpetuação de costumes culturais.