Categoria: Finanças

4 posts have been filed under this categoria.

Calendário PASEP 2022: DATAS, Valor PASEP 2022

Todos os anos o Governo Federal divulga o calendário PASEP 2022 atualizado através do site oficial do Banco do Brasil. Por meio dele muitas informações são divulgadas, como por exemplo os dias em que esse benefício será recebido. Ainda não conferiu as datas do calendário PASEP 2022? Confira abaixo!

O que é o PASEP?

O PASEP é um dos benefícios criado pelo Governo Federal, onde beneficia todos os funcionários de cargo público que estiverem enquadrados aos requisitos de participação do programa.

O trabalhador que estiver encaixado nas regras impostas pelo programa, recebe todos os anos um salário mínimo do ano vigente. Mas, além de estar dentro dos requisitos de participação, é necessário que o trabalhador esteja atento a todas às informações relacionadas ao programa, inclusive ao calendário PASEP 2022.

Calendário PASEP 2022

O calendário PASEP 2022, é o cronograma de pagamentos do benefício. Esse calendário é organizado de acordo com o último digito do número do benefício de cada trabalhador.

Os benefícios só são disponibilizados para saque dentro do prazo de pagamento de acordo com cada contribuinte. Por isso, é de suma importância que os trabalhadores fiquem atentos ao calendário do PASEP, por que é por meio dele que são estipulados os prazos de pagamentos.

Pagamento do PASEP 2022:
Final do PASEP: Podem Sacar em: Podem sacar até:
0 27/07/2021 29/06/2022
1 17/08/2021 29/06/2022
2 14/09/2021 29/06/2022
3 19/10/2021 29/06/2022
4 17/11/2021 29/06/2022
5 18/01/2022 29/06/2022
6 e 7 22/02/2022 29/06/2022
8 e 9 15/03/2022 29/06/2022



Quem tem direito de receber o PASEP 2022?

É de suma importância que todos os funcionários públicos fiquem atentos aos seus direitos.

 

Para receber o PASEP, é necessário atender alguns requisitos impostos pelo Governo Federal. Veja abaixo:

  • Trabalhadores com cadastro ativo no mínimo 5 anos no Pasep;
  • Trabalhadores que recebem até dois salários mínimos nacionais;
  • E trabalhador que trabalhou pelos menos 30 dias no ano anterior ao vigente, sendo consecutivo ou não;
  • Os dados precisam estar atualizados no RAIS – Relação Anual de Informações Socioeconômicas junto ao MTE – Ministério do Trabalho e Emprego. (Empresa que deve fornecer essas informações).

Qual o valor do PASEP 2022?

Muitos trabalhadores pensam que o valor do PASEP varia de acordo com o seu salário.

O valor deste benefício é proporcional ao tempo de serviço no ano-base em questão. Ou seja, o PASEP leva como base o valor do salário mínimo do ano vigente, neste caso de 2022. Vale lembrar que, esse valor poderá sofrer reajustes já que o salário mínimo pode aumentar. Confira abaixo, a tabela dos valores do PASEP utilizando o valor do atual salário mínimo:

Como sacar o PASEP 2022?

Agora que você já está ciente do valor do PASEP, assim como também do calendário PASEP 2022, já pode realizar o saque deste benefício!

Diferente do PIS 2022, o PASEP é administrado e organizado financeiramente pelo Banco do Brasil. É este banco o responsável por transferir a verba para todos os beneficiários.

Os beneficiários podem receber este benefício de três formas:

  • Crédito em folha de salários – para servidores de empresas conveniadas ao Banco do Brasil;
  • Crédito em conta corrente – para os clientes do Banco do Brasil;
  • Nos guichês de caixa – para quem não recebeu nas modalidades de pagamentos acima. ( é preciso apenas estar portando um documento original com foto e a carteira de trabalho).

Atenção: O PASEP é um benefício que dá a oportunidade do trabalhador reajustar as suas finanças. Se mantenha informado em relação a este benefício, para que não perca o prazo de recebê-lo!

Aliexpress Shopping App

O APP Aliexpress permite que você utilize de forma bastante prática quando estiver usando seu celular, você pode realizar compras ou vender seus produtos quando quiser e de onde estiver. É uma excelente ferramenta quando tempo é pouco e as atividades necessitam ser feitas de forma rápida.

Vale ressaltar também que o aplicativo pode ser baixado em Tablets, para realizar o download basta acessar a loja de aplicativos do seu smartphone (Android ou iOS) e fazer a instalação. Feito isso é só realizar o login e usar o Aliexpress APP para comprar e vender.

Através do Aliexpress Shopping APP é permitido:

  • Navegar pelas categorias;
  • Otimizar a pesquisa através dos filtros;
  • Visualizar as avaliações dos compradores;
  • Emitir uma lista de desejos;
  • Interação com as redes sociais;
  • Pagamento online;
  • Gerenciamento e rastreamento Rede Sul de pedidos;
  • Contato com os vendedores.

O aplicativo está disponível em onze idiomas para facilitar a usabilidade do usuário www.aliexpress.com, através dele é possível acessar os 100 milhões de produtos cadastrados no site.

Contato

Para entrar em contato com www.aliexpress.com, você pode falar diretamente com quem negociou pela plataforma enviando uma mensagem. Mas outra maneira bastante eficiente é acessar o site citado acima e seguir algumas recomendações abaixo:

  • Entrar no link Contatos ou Contacts;
  • Inserir nome;
  • Email;
  • Colocar sua sugestão, reclamação ou pedido de ajuda;
  • Por último clicar em “Enviar”.

Em caso de você querer cancelar sua compra você pode usar algum dos recursos anteriores ou pode simplesmente entrar no painel onde sua compra estará em andamento e cancelar a compra.

É possível ainda realizar troca do produto caso no meio da compra você mude de ideias, entre em Meus pedidos e altere as informações, entretanto isso deve ser realizado antes do envio da mercadoria.

Como se pode observar assim como o Mercado Livre, o Ali é uma importante plataforma que facilita em muito a compra de importados por um preço muito acessível. Assim como qualquer compra na internet é necessário tomar alguns cuidados pois os problemas não são devido a ineficiência da plataforma.

Agora que você já sabe todas as instruções para navegar no site Aliexpress, não perca tempo e comece agora a fazer suas compras. Caso possua alguma dúvida ou sugestão deixe seu comentário logo abaixo que responderemos assim que possível. Boa Sorte !

Como o governo fiscaliza suas finanças

A Receita Federal melhorou muito os processos de fiscalização, dessa maneira não é aconselhável fazer a declaração omitindo informações. Pois a Receita tem sistemas modernos e integrados capazes de cruzar várias informações e compará-las com a declaração enviada.

Portanto se houver algum problema na sua declaração você irá cair na famosa malha fina. Definitivamente que ninguém quer ter essa dor de cabeça.

Isso acontece porque a declaração é enviada com erros. Após a Receita verificar alguma divergência, ela irá pedir a comprovações das informações. Caso o contribuinte não consiga a comprovação, ele será atuado por infração à Legislação Tributária e será multado.

Motivos para cair na malha fina?

Apesar de ocorrer todos os anos e ser muito divulgado tanto pelo governo quanto pelas mídias, sempre ocorre problemas com milhares de pessoas na entrega da declaração.

Já sabemos que a malha fina é o procedimento para verificar inconsistências na declaração do Imposto de Renda. Ou seja, é uma análise de todas as declarações na busca de identificar algum erro nas informações declaradas pelo contribuinte. Dessa forma vamos a alguns casos que podem levar você cair na malha fina.

Omissão da renda

A receita consegue em seu sistema saber os valores que o contribuinte recebeu durante o ano, sendo assim não informar seus rendimentos é um erro fatal.

Despesas com saúde

A declaração das despesas com saúde não deve ultrapassar o valor que foi efetivamente gasto. Outro caso é incluir pessoas que não são dependentes. Além disso, todas as despesas com saúde devem ser comprovadas, portanto não declare aquilo que não pode ser comprovado.

Não declarar aluguéis recebidos

Para as pessoas donas de imóveis e recebem aluguéis deles, devem declarar os recebimentos, pois isso entra como rendimento anual.

Resgate da previdência privada

Após o resgate da previdência privada, deve se declará-la. Muitas pessoas esquecem isso e acabam caindo na malha fina.

Erro de digitação

Parece algo bobo, mas se você cometer um erro de digitação em sua declaração fatalmente irá cair na malha fina.

O que acontece se cair na malha fina da Receita Federal?

Cair na malha fina não significa que você precisará pagar multa. Na maioria das vezes, é preciso somente entregar a declaração retificadora para corrigir os erros declarados. A multa só é aplicada quando houver Imposto de Renda a ser pago, ou seja, sem estar quitado.

Quem envia uma nova declaração antes da notificação, o valor a ser pago pode ser de 20% do imposto. Com a notificação, o valor aumenta para 75% do valor do imposto devido.

Em casos mais graves, como em fraudes, exemplo de documentos falsos e recibos médicos forjados, pode ser pago de 150% a 225% o valor do imposto, além da cobrança da taxa Selic.

Como saber se caí malha fina?

Já está pensando no Impoto de renda 2020? Para saber se você caiu na malha fina você deve realizar uma consulta na Receita Federal. Dessa maneira Acesse o Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC) para acompanhar o processamento das declarações do IR. É necessário ter um código de acesso e senha para entrar no sistema.

Quando entrar na página principal do e-CAC, clique no item “Declarações e Demonstrativos” e em seguida, selecione “Extrato do Processamento da DIRPF”. Você verá uma lista das últimas declarações entregues, inclusive aquelas que foram retificadas. Observe na coluna situação de cada declaração entregue se aparece a mensagem “processada” ou se há alguma observação, como “em processamento” ou “com pendências”

Se houver alguma pendência, ela pode ser retificada pelo contribuinte no próprio site.  Na coluna “Serviços” você poderá realizar a retificação da declaração online. Para fazer a retificação é necessário ter as informações que precisam ser corrigidas em mãos. A seguir siga as orientações do site para fazer a retificação. Confira no site, depois de alguns dias, se a pendência foi resolvida.

Se a pendência não puder ser corrigida no próprio site, o caminho é apresentar uma declaração retificadora. Isso deve ser providenciado o mais rápido possível para evitar maiores dores de cabeça com convocações da Receita Federal.

Vendas online

Nem faz tanto tempo assim que as lojas virtuais surgiram e hoje já são as verdadeiras queridinhas da internet. Afinal, é ótimo a gente comprar o que deseja a apenas alguns cliques e receber sem sair de casa. Tal comodidade fez muitos empresários terem investido em a maquina de vendas online online e agora estão tendo grandes faturamentos. Você viu as grandes oportunidades no mercado da web, quer fazer vendas online e não sabe por onde começar? Hoje vai conferir algumas dicas que separamos que podem te ajudar!

A primeira dica parece ser bastante óbvia, mas é importante refletir a respeito dela: decida o que você vai vender. É isso mesmo! Não caia de paraquedas no mercado como se fosse uma aventura de empreendedorismo digital. Faça um bom planejamento do seu negócio para que ele funcione de verdade. Tudo deve estar na ponta do lápis, e grandes decisões deverão ser tomadas nesta etapa. Conheça bem o mercado que você deseja ingressar e estude o seu produto para saber exatamente o que você está oferecendo ao público.

Decidido o produto para fazer as vendas online, está na hora de selecionar quem vai fornecê-lo para você. Pesquise bastante para saber se o fornecedor tem um bom histórico de reputação, como é a logística, qualidade do produto, responsabilidade com a entrega e prazos combinados. É bom ter relação com diversos fornecedores caso ocorram imprevistos. Pode ocorrer, por exemplo, a falta produto em estoque na loja por causa do atraso de um fornecedor, e nesta hora você pode partir para o plano B e contatar o outro para a reposição. Sempre mantenha um bom contato com eles, pois você precisa deles e eles de você. Qualquer desentendimento que vier a acontecer pode trazer dores de cabeça para o seu negócio.

Fechados os acordos com os fornecedores, agora é a hora de montar a sua loja! Procure uma empresa confiável e que execute um bom trabalho para a criação do seu e-commerce. A plataforma de e-commerce precisa estar impecável e funcionando corretamente. É necessário pensar no nome da sua empresa e posteriormente desenvolver uma identidade visual que tenha harmonia com a proposta do seu negócio. Seu site precisa ser atraente aos olhos do seu público e de fácil navegação, caso contrário seu cliente em potencial pode começar a ter problemas na usabilidade e desistir do seu negócio em poucos segundos.

Na etapa de criação da loja você também precisa decidir como será o sistema de pagamento e entrega dos seus produtos. Disponibilize diversas formas de pagamento para dar mais comodidade aos seus clientes como transferência bancária, cartão de crédito e boleto bancário. Em relação ao envio dos produtos, a dica é escolher a forma que deixe mais barato o custo do frete. Se o seu produto tiver um preço competitivo e o preço do frete for caro, é muito provável que o cliente abandone o carrinho de compras ao perceber que não vale a pena. Fique sempre atento aos prazos de entrega e cumpra o que foi combinado ao finalizar um pedido.

Existem muitos outros detalhes que você precisa se atentar para realizar vendas online de sucesso. Confira estratégias interessantes que você deve conhecer no vídeo a seguir: